Busca

Pendurando o quadro

Pendurando o quadro (1)

Materiais Necessários: Martelo + Prego

 

Instruções:

Quando você tiver escolhido o lugar para o seu quadro, cubra-o com dois pedaços de fita crepe, de maneira que forme uma cruz. Isso vai evitar que o reboco craquele quando você martelar o prego ou o gancho para quadros.

 

Se o prego estiver muito afiado, e a superfície a ser pregada for de madeira, é bom tirar um pouco da ponta do prego.

Para isso, coloque o prego sobre uma superfície dura, com a cabeça virada para baixo e a ponta para cima, e aplique alguns golpes de martelo para achatar um pouco a ponta. Isso vai evitar que a madeira rache com o prego.

 

Se um quadro ficar tombando para um lado, enrole o arame de suporte do quadro com um pedaço de fita crepe, mais ou menos do centro. Isso fará que o prego se fixe num ponto do arame e não deslizando mais, evitando que o quadro tombe para algum lado.

Pregos – quais os tipos

Nem todos os pregos são iguais. Eles variam não somente no tamanho como na forma, para se adaptarem a um serviço especifico.

 

Pregar, sem dúvidas, pregar é a maneira mais prática para fixar e prender madeiras, porém é necessário que algumas observações sejam vistas.

 

Prego com Cabeça

Pregos - quais os tipos - Prego Galvanizado  (2)

 

 

Aplicações: Construção de casas; confecção de estruturas; construções pesadas; marcenaria; caixotaria e domésticas.

 

Prego Sem Cabeça

Pregos - quais os tipos - Prego sem cabeça  (2)

Aplicações: Marcenaria; móveis; assoalhos; rodapés; guarnições; portas e janelas.

Benefícios: Não mancha a madeira; não suja as mãos; ponta perfeita e comprimento preciso.

 

 

Prego Cabeça Dupla

Pregos - quais os tipos - Prego cabeça dupla  (2)

 

Aplicações: Fechamento de fôrmas; fixação dos aprumadores; escoramento de lajes; estruturas de bandejas e estruturas temporárias.

Benefícios: Não danifica a madeira; fácil arranque; desforma rápida e elimina etapas no fechamento das fôrmas.

 

 

Prego Galvanizado

Pregos - quais os tipos - Prego anelado (2)

 

 

Aplicações: Móveis especiais; bricolagem; adornos; molduras e fixação externa em construção civil.

Benefícios: Resistência à corrosão; estética; maior durabilidade e maior segurança na fixação.

 

 

Prego Telheiro

Pregos - quais os tipos - Prego Telheiro  (2)

 

 

 

Aplicações: Telhas de fibrocimento; aço; alumínio; folha de zinco com espessura até 5 mm e pequenas ondas até 39 mm sobre estrutura de madeira.

Benefícios: Mais pregos por quilo – a melhor relação custo x benefício do mercado. Cabeça soldada – evita vazamento; 100% galvanizado – protege contra a corrosão; borracha flexível – não resseca com a ação do tempo; prego esperalado – segura sua telha como nenhum outro.

 

 

Prego para Taco

Pregos - quais os tipos - Prego para taco  (2)

 

 

 

 

 

Aplicações: Fixação de tacos (assoalho) e fixação de batentes.

Benefícios: O formato da cabeça permite maior fixação do prego ao assoalho.

 

 

Prego Anelado

Pregos - quais os tipos - Prego anelado (2) - Cópia

 

 

Aplicações: Madeiras de menor densidade (macias); caixotaria em geral; pallets; embalagens e móveis.

Benefícios: Excepcional resistência ao arrancamento; melhor adaptação à fibra de madeira e permite utilizar menor número de pregos.

 

 

Prego Ardox

Pregos - quais os tipos - Prego ardox  (2)

 

 

Aplicações: Madeiras de maior densidade (duras); pallets; embalagens e suportes de madeiras.

Benefícios: Melhor conexão da madeira; fácil penetração; resistência ao arrancamento; melhor relação custo x benefício e excelente poder de perfuração.

 

 

Prego Quadrado

Pregos - quais os tipos - Prego quadrado  (2)

 

 

Aplicações: Casco de embarcações; acabamento interno de embarcações; mata-burros e decks de piscinas.

Benefícios: Formato quadrado – não permite que a madeira “trabalhe” e se solte; galvanizado a fogo – maior proteção contra corrosão.

 

Fonte: http://www.fazfacil.com.br/

Ferramentas…medição!

Ferramentas…medição (3)

Existem muitas ferramentas para medir os mais diversos materiais e espaços. Cada adequada a sua função.

 

Veremos aqui as mais usadas!

Ferramentas…medição - trena de bolso (3)

Trena de bolso

Trena de bolso, ideal para trabalhos manuais e de interior. (vendida com 3m, 5m, 8m e 10m)

Ferramentas…medição - trena de campo (3)

Trena de campo

Trena para espaços maiores. (vendida com 20m, 30m, 50m e 75m)

Ferramentas…medição - metro (3)

 

Metro

Metro de madeira muito usado em medições diversas na construção (geralmente com 2m).

Como organizar um kit de ferramentas!

Sempre necessárias, tem de estar a mão e organizadas para que possamos fazer uso delas na hora da emergência.

 

Vamos fazer aqui um conjunto básico que atenda a várias necessidades!

 Como organizar um kit de ferramentas (4)

Jogo de chaves de fenda e chave philips

Compre um jogo de cinco diferentes medidas de cada um. Verifique se possuem cabos anatômicos, de material resistente e sem rebarbas.

 

Alicates de corte e de pressão

Escolha um para corte de fios e outro para apertar. Cheque se as pontas encostam perfeitamente.

 

Martelo

Escolha um martelo de bom tamanho. Quanto mais pesado, menos força você precisará ao bater. Ele deve ter um cabo de pelo menos 25 cm de comprimento, já que, para a função de arrancar pregos, ele precisará servir de alavanca.

 

Chave de boca ou estrela

Utilizada em porcas de parafusos, tem forma de “U”, com tamanhos diferentes em cada ponta. O cabo deve ter tamanho suficiente para a mão conseguir segurá-la confortavelmente. Tenha um jogo com pelo menos seis tamanhos diferentes.

 

Chave de Grifo

É uma chave de boca com regulagem. Para o seu kit, escolha uma média que alcance uma abertura até 50 mm

 

Trena

Escolha a mais simples, pois duram mais, com uma borda de metal na ponta e com pelo menos dois centímetros de largura para estabilizar mais facilmente quando aberta.

 

Serra e Serrote

Para corte de madeira, metal, plástico e alumínio. Verifique se a lâmina está reta. Quanto maior for a serra ou o serrote, menor a força que tem que ser empregada.

 

Lápis e régua

Indispensáveis para fazer marcações. Tenha-os sempre em sua caixa de ferramentas.

 

Estilete

Ideal para todos os tipos de corte.

 

Furadeira

Adquira modelos mais sofisticados apenas se tiver uso constante.

“Se for usar com frequência compre a furadeira com ‘rolamentos” NÃO COM BUCHA, é bem mais cara, mas dura muito mais que a outra.

 

Lanterna

Você pode ter dois modelos de tamanhos diferentes –  uma bem pequena, versátil e fácil de ser transportada e outra grande de maior potência e autonomia que também pode ser usada para imprevistos na estrada e acampamentos.

 

Acessórios

Tenha sempre um estoque de pregos, parafusos, buchas, lixas, WD-40, fita isolante, fita veda-rosca, fita crepe e colas para diversos usos. Potes plásticos que sobram da cozinha são ótimos para guardar pregos, buchas e parafusos.

 

Para conservar as ferramentas

Nunca limpe com água para evitar ferrugem. Nas partes metálicas, limpe com graxa ou vaselina, mas não passe estes materiais nos cabos para não deixá-los escorregadios. Na maioria das vezes, passar um pano seco basta.

 

Fonte: www.organizesuavida.com.br

Ventilador de teto…como fixar e fazer a ligação elétrica do lustre?

Como fixar o suporte no teto?

O suporte somente poderá ser fixado direto na caixa de passagem ela for de aço e não de plástico e se a mesma suportar o peso de 25 kg que é o que determina a norma de segurança de ventiladores de teto “NBR-14532”, caso contrario deverá ser fixado com prisioneiros transpassando o teto ou chapas de fixação.

Como fixar e fazer a ligação eletrica do lustre - (5)

Como fixar e fazer a ligação elétrica do lustre?

 

O fio preto deve ser cortado para a ligação do soquete, o niple é retirado do lustre e rosqueado na rosca do eixo do motor, coloca uma porca e aperta com uma chave 9/16.

 Untitled-1

No caso do modelo “Argelux”, coloque uma arruela, o plafonier, outra arruela, uma porca e aperta com uma chave 9/16.

Untitled-2

 

Desrosqueie a tampa do soquete, passe os fios pelo furo e rosqueie a mesma no niple, descasque os fios, encaixe nos pinos de aperto, aperte os parafusos, puxe os fios por cima e rosqueie.

Untitled-3

 

Rosqueie a lâmpada, alinhe os encaixes do globo com os encaixes do plafonier, gire ate dar um clique.

Untitled-4

 

Cuidado

Desligar a chave do quadro de disjuntores durante a instalação ou a manutenção no ventilador, incluindo a substituição de lâmpadas queimadas.

 

Fonte: http://www.fazfacil.com.br